domingo, 23 de setembro de 2018

ACÓLITO JOÃO RIBEIRO.


Hoje, na Eucaristia Dominical, o Padre Gaetano partilhou connosco a notícia da entrada, ainda hoje, do Acólito João Ribeiro no Seminário. Que era essa a sua escolha e a sua decisão já o sabíamos, não sabíamos era quando. Para mim como Cristão e como Penicheiro é uma honra ser seu amigo e da sua Família. Para os menos informados recordo que nascidos em Peniche já há sete Pastores ao serviço da Igreja e, quem sabe, se daqui a uns seis anos não estaremos a Celebrar a chegada de um novo Pastor. Sem qualquer ordem relembro os seus nomes; Padre José Luís, Cónego Mário Pais, Padre Rui Pedro, Padre Carlos Caetano, Padre José Ezequiel e Padre Pedro Tavares e ainda o Bispo Auxiliar de Lisboa, D. Nuno Brás. A Messe é grande e os Operários são poucos, mas paulatinamente Peniche pode orgulhar-se destes seus filhos que dia a dia espalham e nos ensinam a Palavra de Deus. Eu nunca escondi a minha condição de Penicheiro, antes pelo contrário e cada dia que passa, além desse amor ser incondicional, sinto cada vez mais orgulho em o ser.








sábado, 22 de setembro de 2018

"PASSEIO DA MEMÓRIA"


Para assinalar o Dia Mundial da Doença de Alzheimer decorreu hoje em Peniche com saída da Praça Jacob Rodrigues Pereira um pequeno grupo de Gente solidária com esta causa e que teve entre nós a presença de Filipa Gomes, Directora dos Serviços Clínicos Lisboa e Ribatejo, Eduarda Duarte, Assistente Social do Ribatejo e Almeirim e Marisa Mendes, Assistente Social dos Serviços de Lisboa. Esta causa pretende, entre outras, melhorar a qualidade de vida das pessoas com Demência e dosa seus cuidadores e uma sociedade que possa e saiba integrar as Pessoas com Demência e reconheça os seus Direitos.









DIA EUROPEU SEM CARROS.


Para comemorar a Semana Europeia da Mobilidade, sob o tema “Combina e Move-te” a Câmara Municipal de Peniche decidiu associar-se criando um espaço fechado na Rua António da Conceição Bento e na Rua Arquitecto Paulino Montês, apenas no espaço fronteiro ao Mercado Municipal. Ali praticaram-se diversas modalidades, jogos tradicionais, animação, desportivas, dança, especialmente dedicadas às crianças. Foi interessante e com alguma participação. Contrariamente a este evento, típico do nosso tempo, século XXI, continuamos a usar o Mercado Municipal como se estivéssemos no século XVI. É pena.
















sexta-feira, 21 de setembro de 2018

ISTO JÁ SERÁ POR GOZO?


A pergunta que se impõe fazer neste momento aos energúmenos e javardos que fazem isto é: com que intenção? Só podem ser possuídos por algo que continuadamente os obrigam a conspurcar a Cidade de Peniche. Não há qualquer razão para procederem assim, pois a Câmara tem serviço próprio para recolha destes objectos. Só pode ser por gozo e se assim for estamos perante um caso para a psiquiatria resolver.




quinta-feira, 20 de setembro de 2018

quarta-feira, 19 de setembro de 2018

PERIGO FLORESTAL.


O serviço público florestal existe, em Portugal, como entidade autónoma, desde 1824. As contínuas situações de desrespeito pela Lei vigente exigem, de quem de direito, uma acção rápida de quem tem o dever de cumprir e fazer cumprir a Lei. Desconheço se os Municípios tiveram ou não condições de ocorrer a estas inúmeras situações de desrespeito à Lei e se há da parte do sector privado empresas suficientes para poderem auxiliar os Municípios a resolver de vez estes gravíssimos problemas. No meu Concelho, Peniche, sei que existem dois postos de vigilância permanente, um na torre de vigia e outro através de uma câmara de vigilância na Serra D’El-Rei. Em demasiados Concelhos da Região Oeste e muito possivelmente do resto do País, mesmo depois da fatalidade do ano passado e já deste ano, parece que nada aconteceu e mesmo com uma legislação mais apertada o resultado está à vista. Nas imagens podemos ver algumas situações na EN114 da Rotunda junto do Complexo Escolar do Furadouro até ao Vau e do Vau à Lago de Óbidos.







segunda-feira, 17 de setembro de 2018

MAIZUMA.


Foi com espanto, porque já não passava nesta estrada há tempo, que vi a construção de uma Estação de Serviço na estrada de Ferrel para os Casais Mestre Mendo, quase em frente ao parque de merendas de Ferrel. As outras petrolíferas que se cuidem.